Um hábito que pode salvar a vida das pontas do seu cabelo… 

Pouca gente sabe, mas além do secador, chapinha, tratamentos químicos, nosso cabelo é também agredido por poluição, chuva e sol. Com tantos vilões, nossas principais vítimas são as pontas do cabelo; por “n” fatores, entre eles o ressecamento, a dificuldade da oleosidade natural do cabelo conseguir chegar até as pontas (mantendo-as assim protegidas e hidratadas)… Não é verdade? 

Posso claramente dizer que, a estrutura do meu cabelo mudou da água pro vinho depois que introduzi alguns hábitos nos meus cuidados capilares. Entre eles é o Pré Poo, que significa pré shampoo, isso mesmo! Cuidados que devem ser feitos antes de utilizar o shampoo. O pré poo faz parte da técnica low poo, que já falamos aqui no blog, mas não está restrito à técnica, você principalmente, que não faz uso do low poo, irá sentir uma diferença notável na estrutura das suas pontas ao fazer o Pré poo!

Tá, mas como fazer? Bom, como eu já disse no post sobre loow poo, não sou profissional na área e tenho pouco tempo de uso, o que sei são minhas próprias experiências e alguns estudos que fiz sobre o assunto. 

O pré poo age no nosso cabelo como uma espécie de blindagem, protegendo o fio de todos os agentes causadores de ressecamento, quebra, pontas duplas, etc. Fazendo assim com que a lavagem não prejudique nossas pontas de todos os danos que já falamos. O pré poo pode ser feito com óleos vegetais, como azeite de oliva extra virgem, óleo de ricino, óleo de Coco, você escolhe; também com máscaras de tratamento e condicionadores. 

Caso você faça com óleo vegetal, prefira fazer o Pré poo pelo menos meia hora, uma hora antes da lavagem, porque assim, da tempo suficiente do seu cabelo absorver todos os nutrientes necessários. Mas caso esteja com pressa, 20 minutinhos, o tempo que puder deixar já será crucial pra nutrição e proteção dos seus fios. Também é aconselhável a umectaçao noturna, que é quando dormimos com o óleo no cabelo e no dia seguinte lavamos e damos prosseguimento ao tratamento de costume.  

Já pré poo feito com máscaras e condicionadores, por serem mais práticos, as vezes acabam sendo os queridinhos. Basta antes da lavagem, umidecer o cabelo, retirar o excesso de água e deixar ali o condicionador/máscara  agindo por uns cinco minutinhos e prosseguir com a lavagem.

Não se esqueça que ambos são feitos somente nas pontas do cabelo, nunca na raiz!

Parece que não vai fazer diferença nenhuma, mas eu tenho feito isso a pelo menos uns 3 meses e meu cabelo respondeu muito bem, as pontas conseguem receber óleo, estão menos ressecadas, enfim, só amor pelo pré poo 😊…

Dê uma chance a técnica e se você notar diferença, me conta depois?? Espero que dê certo com você, assim como deu comigo. Um beijo e fica com Deus! ❤

Anúncios

Porque aderi a técnica de LOW POO e primeira impressão sobre o uso da CO WASH: 

E aí bunitas, tudo beleza? 

Hoje venho aqui contar um pouquinho das minhas primeiras impressões sobre o uso do Condicionador Limpante da Yenzah para técnica de co wash e também falar do porque resolvi aderir à técnica, além do Low Poo.

Mostrei lá no stories do meu Instagram que ia intercalar o uso da técnica de low poo com o co wash. Inclusive, deixa eu fazer meu jabá aqui né! Se você ainda não me segue no Instagram, dê uma passadinha lá, que eu sempre estou compartilhando coisas e conteúdos diferentes do blog e do canal, okay? 😉

https://www.instagram.com/makeloetal/

Vamos lá!

Eu sempre fui camaleoa e meu cabelo sofre com isso, há 2 anos que tenho o cabelo curto porque devido aos vários processos que já fiz , ele só crescia na raiz – como assim, Lô? Um cabelo crescer só na raiz! – É, ele crescia mas eu nunca conseguia ver o crescimento porque as pontas sempre quebravam, então por mais que ele crescesse, sempre permanecia do mesmo tamanho… 

Devido a esse cruel dilema de crescimento e saúde do meu cabelo, eu resolvi parar e prestar mais atenção nele; pesquisei inúmeras possíveis soluções e todas elas apontavam para o corte ( tirar por completo a descoloração), porém eu resisti e descartei essa possibilidade e foi aí que conheci o LOW POO  (pouco sahmpoo).

Mas o que é Low POO? 

Bom, ainda sou nova nisso e é um pouquinho complicado de entender, mas o que entendi é que a técnica foi popularizada quando uma cabelereira chamada Lorraine Massey, que descreveu em seu livro Curly Girl, um guia com várias técnicas e modos de cuidar do cabelo cacheado e crespo, o que ela chamou de “Curly Girl Method” (Método da Garota Cacheada); entre elas, o Low Poo.

Basicamente a técnica consiste em abolir totalmente ou parcialmente determinados agentes contidos em produtos de cabelo, como sulfatos, óleos minerais, petrolatos e parabenos. É difícil de entender no começo, mas resumidamente, todos esses componentes são responsáveis por ou agredir os fios do nosso cabelo ou nos enganar; alguns desses agentes criam uma camada em volta do nosso fio que impede de qualquer produto chegar até o centro do cabelo, ou seja, nenhuma hidratação ou cuidado que fazemos com ele, dá resultado. Outros, maquiam deixando o cabelo com aspecto de bem cuidado e brilhoso, mas a verdade é que ” por dentro” do fio, seu cabelo está extremamente necessitado de cuidados. 
Quando eu li sobre a técnica eu vi a solução que precisava, com o cabelo estourado e usando produtos com todos esses agentes, eu nunca ia conseguir recuperar! Ainda uso shampoos com sulfatos, petrolatos, etc, mas bem pouco, só quando quero dar uma boa limpeza no couro cabeludo, porém logo retorno a técnica. 

Com os resultados super positivos que tenho tido após o uso do Low POO, eu resolvi intercalar com outra técnica chamada CO WASH, que consiste em lavar o cabelo com condicionador.

Como vou fazer? 

Eu sempre lavo o cabelo 2 vezes na semana, agora, vou lavar uma vez com o shampoo que estou usando pra técnica do Low Poo e a segunda vez com o condicionador limpante. Com isso, espero ainda mais preservar a saúde do meu cabelo!

Minhas primeiras impressões do CO WASH:

O produto que estou usando para essa técnica é o condicionador limpante da Yenzah e hoje usei ele pela primeira vez.

Achei que limpou muito bem o cabelo, fiquei impressionada com isso! O que mais me deixou surpresa foi o fato de sentir a raiz limpa e as pontas sendo hidratadas, simultaneamente as pontas ficaram macias e extremamente brilhosas. 

Vou fazer uso da técnica por 1 mês, logo volto pra dizer o que senti de mudanças, o que achei.
E você, já ouviu falar nessas técnicas ?? Já usou, me conta aqui!😊
Um beijo, fica com Papai do Céu ❤